Qual o melhor tênis esportivo que eu já tive?

Como escolher o melhor tênisAntes de falar de tênis, gostaria de dizer que uma das maiores lembranças que temos na vida é a aquisição do que considerávamos imprescindível para a nossa realidade no momento.

Ou talvez, daquilo que não conseguimos conquistar.

Me lembro do quanto ficava feliz quando ganhava calçados. Isso porque precisava enfatizar a minha vaidade, que era aguçada de acordo com o que colocava nos meus pés em combinação com as roupas que ganhava.

Assim como eu, a maioria das pessoas, independente do sexo, têm uma verdadeira paixão por calçados, inclusive tênis.

E o mais engraçado, é que esta fissura aumenta de acordo com a idade, pois o tênis é classificado como o calçado mais versátil: aquele que se adapta a qualquer estilo e/ou ocasião.

Verdade é que crescemos e não deixamos de precisar do tênis como acessório peculiar para nos acompanhar na vida. Ele nos dá a chance de conciliar o tipo de calçado que usamos com a vida que priorizamos levar: seja para passear, seja para se exercitar.

O melhor tênis de acordo com o objetivo

Sou uma pessoa muito ativa. Pratico corrida e musculação já há anos e sou bem criteriosa na escolha dos equipamentos para conseguir resultados satisfatórios.

Obviamente a escolha do tênis é fator chave para que eu consiga sucesso ao correr atrás das metas que estipulo.

Tenho certeza de que acontece o mesmo com você!

Tênis para corrida

Se você adora correr, é importante que antes de comprar o seu tênis, entenda em quais locais gosta de fazer este exercício. Saiba que um calçado de acordo é essencial, não somente para acelerar os seus resultados, como também para protegê-lo de lesões.

Gosto muito de praticar corrida ao ar livre, portanto sempre que vou escolher um tênis para corrida priorizo os modelos que tenham absorção de impacto, amortecimento e estabilidade. 

Tênis para musculação

Sabemos muito bem que não adianta manter uma rotina de exercícios aeróbicos se estes não tiverem um acréscimo de ações que visam enrijecer os músculos.

Diferente de algumas opiniões, o tênis não pode ser escolhido de qualquer jeito para ser usado na academia. É essencial critério também neste quesito.

A minha dica é que você se concentre em adquirir um tênis que lhe dê estabilidade, muita estabilidade, e que tenha:

• Solado baixo;
• Solado reto (baixo drop);
• Solado flexível e maleável;

É importante que o tênis lhe permita uma boa movimentação e sem atrapalhar a sua locomoção.

Tênis para caminhada

Há quem prefira caminhar a correr ou ir para academia. A estabilidade que a caminhada dá mesclado ao prazer de estar ao ar livre, torna este tipo de exercício essencial para quem não gosta de se prender à rotina que a academia impõe ou ao maior esforço exigido nas corridas.

Para tanto, não se engane achando que o tênis pode ser semelhante aos usados para os demais tipos de exercícios.

O ato de caminhar não pode ser subestimado como ginástica inferior e assim, o calçado escolhido causar fraturas e lesões nos músculos e tendões. Ao contrário, o calçado indicado para caminharmos deve priorizar: maciez, conforto e ter amortecimento.

 

Escolha o seu tênis preferido e aproveite o que a vida lhe proporciona

Não existe um calçado mais confortável para realizarmos as tarefas do cotidiano tanto quanto o tênis.

A grande sacada deste item básico, porém impossível de ser deixado de lado, é o fato de poder usá-lo nas corridas, na academia, no cinema, nos passeios com ou quem sabe num encontro mais despojado com o nosso amor.

Tenho na minha mente lembranças de ocasiões em que fazia de tudo para que o meu visual fosse perfeito, dos pés à cabeça. E é claro que o tênis era ponto chave nesta formação.

Sei que você, no decorrer da sua vida, viveu momentos inesquecíveis e que nos pés tinha o seu tênis preferido. E que vez por outra, têm recordações dos dias que não voltam mais, mas que estão presentes no seu coração.

Portanto, leve as dicas de hoje de uma maneira prática ao escolher a melhor forma de se exercitar, mas também ao viver os momentos que a vida proporciona.

Finalizando

Não subestime o poder que o tênis tem. Afinal, não são todos os calçados que te levam aonde você quiser, mantendo a forma e com muito conforto.

Ah, e respondendo a pergunta do título do nosso artigo, o meu tênis predileto é um Nike Flex  RN 3 MSL.

Tênis para corrida Nike Flex

Simplesmente amo este tênis; eu o uso sempre, inclusive nos dias de malhação, pois é leve e flexível, parece que estou flutuando. Simplesmente perfeito para as minhas necessidades.

Veja um vídeo do tênis que uso para correr

E você, nos conte qual foi o melhor tênis que já teve?

Estamos no aguardo!

Até a próxima.

Recuperação de lesões na corrida de rua

Recuperação de lesãoAlgum tempo atrás quando tive uma lesão muscular na coxa esquerda e estava buscando informações de como me recuperar.

Acabei então encontrando um artigo que explica bem quais são as fases que o nosso copo tem que passar até o tecido se recuperar completamente.

Acho que isto pode ser útil para sabermos quanto tempo e os motivos de termos que respeitar e ficar de molho das corridas.

Confira o que irá acontecer se você tiver uma lesão ao correr:

Fases da recuperação

Para obtenção de sucesso na fase de recuperação da lesão, é necessário entender e respeitar as fases do processo. Estas etapas são descritas como: fase inflamatória, fase de cicatrização e fase de remodelação.

Fase inflamatória

Caracterizada como resposta à lesão primária, havendo formação de edema em função do acúmulo de fluidos, aumento de macrófacos que atuam na “digestão” das estruturas celulares provenientes do tecido lesionado, elevação da temperatura local, algia, rubor e perda da função. Não há um período pré-estabelecido para a atividade inflamatória, podendo duar semanas, porém atinge seu ápice entre 48 e 72 horas após ter ocorrido à lesão. Nesse momento é fundamental controlar estes sinais, pois os mesmos podem se expandir para tecidos adjacentes. Nesta fase a participação do fisioterapeuta é fundamental na contenção do processo inflamatório, evitando a contaminação inflamatória dos tecidos próximos do local da lesão. A crioterapia é uma ferramenta de grande importância para esta fase, uma vez que reduz o metabolismo local através da vasoconstrição, além de seus efeitos anestésicos

Fase de cicatrização

Iniciada logo após o término da fase inflamatória, identificada ausência da maioria dos sinais anteriores. É o processo de reparação das estruturas teciduais lesionadas, podendo durar várias semanas. Nesta fase, normalmente ainda existe dor à palpação e durante alguns movimentos que exijam função do tecido lesionado. Entretanto, ao passo que o tecido é cicatrizado ocorre a redução da dor. O fisioterapeuta atua com igual importância da fase anterior. Entretanto, à medida que são readquiridas algumas capacidades, o profissional de educação física pode participar do processo. Ambos os profissionais devem submeter o indivíduo, com certa cautela, à realização de movimentos e ao restabelecimento da amplitude destes.

Fase de remodelação

É o processo o qual ocorre o realinhamento das fibras de colágeno da estrutura cicatrizada. Tais fibras são submetidas às forças de tensão para se realinharem, buscando a eficiência máxima durante os movimentos. O tecido remodelado não adquire a mesma resistência e aparência anteriores à lesão, todavia, normalmente os níveis funcionais atingem respostas idênticas ou próximas do normal. Na fase de remodelação o papel do profissional de educação física é fundamental, pois é através da implementação de diferentes movimentos, submetidos a diferentes sobrecargas que o tecido recupera sua capacidade funcional. Neste processo inicia-se atividades contrarresistência e gestos desportivos, se for o caso.

Fonte do artigo: http://www.artigonal.com/saude-artigos/principios-basicos-para-a-recuperacao-de-lesoes-musculoesqueleticas-3292755.html

Conlcuíndo e voltando a correr

É amigo, o caminho é longo e sofrido até chegarmos a fase de remodelação e começarmos a planejar e vislumbrar o retorno definitivo aos treinos e posteriormente a corridas.

Espero que você tenha gostado do artigo. Uma boa semana e boa recuperação.

Dicas para Começar a Correr

corredor de rua inicianteQuando você inicia um nova atividade física sempre vem a duvida de como começar da maneira correta e na corrida de rua não é diferente. Por isto criei este artigo com dicas para começar a correr e se tornar um verdadeiro corredor de rua.

Técnicas para começar a correr

Ao contrario do que muita gente pensa existem técnicas de como correr corretamente. Você deve prestar atenção na forma que você toca o chão, não se deve pisar primeiro com o calcanhar e nem com a perna muito a frente do seu corpo. Assim você estará prevenindo uma série de lesões.

Como em outras atividades da vida aprender com outras pessoas é uma boa dica. O novo corredor de rua deve  aprender a correr com outros corredores mais experientes, como relatado neste artigo Como Começar a Correr Como um Profissional, devemos observar a forma como os corredores de elite correm e procurar imitar a sua técnica de corrida. Veja um exemplo no vídeo abaixo:

Dicas de como evoluir na corrida de rua

Depois que você aprender a técnica correta de corrida e já conseguir correr alguns quilômetros sem parar é hora de começar a pensar em evoluir. Sejá aumentando a resistência ou  aumentando a sua velocidade. No site eucorredorderua.com.br você encontrará outros tipos de treinamento para corrida de rua, como a corrida intervalada e o fartlek para aumentar a velocidade ou o treinamento Longão para aumentar a resistência.

Acessórios para corrida de rua

Ao iniciar seus treinamento todo corredor de rua deve utilizar certos assessórios de corrida que vão contribuir para o seu desempenho. Como utilizar bonés para se proteger do sol, meias que não machucam e não geram bolhas e entre outros. Para conhecer outros assessíros de corrida você pode ler este artigo: www.eucorredorderua.com.br/corredor-de-rua/7-acessorios-de-corrida-que-todo-corredor-de-rua-adoraria-ganhar

Dica final ao corredor iniciante

Corra, diverta-se e conquiste a saúde e a disposição que você sempre quis. Porém vá devagar a corrida parece ser fácil, mas ele requer cuidado, muitos corredores se machucam por correr da forma errada e param de correr. Acredito que você não quer isto, certo? Então busque informações e corra para sempre.

Para ler outros artigos interessantes e uteis clique aqui.